Novembro 27 2007

RITA GUERRA – A cantora Portuguesa do Momento

FLASH:

Nome: Rita Guerra (Rita Maria de Azevedo Mafra Guerra)
Idade: 40 anos
Actividade: Música - Cantora
Estado Civil: Comprometida
Data de nascimento: 22 de Outubro de 1967
Naturalidade: Lisboa
Cidade onde vive: Lisboa
Desportos que pratica: Body-fitness e Musculação
Tempos Livres: Estar com a Família, ver um bom filme, ouvir boa música, tocar piano, passear, conduzir, receber os amigos, pintar, tratar dos cães (e agora nasceram cinco cachorrinhos!). Principalmente, gosto muito de estar na minha casa na companhia de Família e amigos; gosto de tratar do que é meu, cortar a relva, tratar dos canteiros, etc. Apesar de praticamente tudo isto acontecer sempre com música a acompanhar, também aprecio longos períodos de tempo à beira-mar, só com o barulho das ondas e nada mais.

 

GOSTOS:

Um filme: "A Vida de Brian"
Uma música: "From this moment" , de Shania Twain
Um livro: "O Perfume"
Um cantor: Gonçalo Salgueiro
Um escritor: Umberto Eco
Um actor: NicolasCage
Um estilista: Fátima Lopes
Um pintor: Maluda
Uma figura pública: Simone de Oliveira
Um site: não é meu costume viajar na net
Uma viagem: Perú
Uma cidade: São Salvador da Bahía
Uma cor: Amarelo
Um prato: Picanha à brasileira
Uma bebida: Cocktail de frutas
Um clube: Benfica

 

EMOÇÕES:

Uma qualidade: Fidelidade
Um defeito: Rancor
Um amor: Família
Um ódio: Ter que fazer o que não gosto
Um prazer: Cantar
Uma irritação: Ficar sem bateria no telemóvel
Uma saudade: A minha Mãe
Um pensamento: Sou feliz
Um desejo: Continuar a ser feliz, cada vez mais
Uma superstição: Não gosto de números pares
Uma piada: Quando o chefe pôs a password, a loira saiu, a gritar para todos os colegas: Descobri! Eu sei a password do chefe! Uma amiga pergunta: E qual é? A loira, responde: asterisco, asterisco, asterisco, asterisco!

 

Dona de uma das mais bonitas vozes portuguesas, Rita Guerra dispensa grandes apresentações, tendo uma das carreiras mais estáveis e consolidadas dentro do panorama musical português.

   
Desde 1989 que Rita é presença diária no Casino do Estoril, palco que pisou pela primeira vez ao lado de Adamo, uma honra certamente concedida apenas a um novo artista com um enorme talento.
"Pormenores Sem a Mínima Importância" foi o primeiro álbum, que contou com a participação de Rui Veloso e dos Táxi. Foi o primeiro passo para a consagração de uma grande voz e de uma carreira que já então se adivinhava longa e frutuosa.

Seguiram-se os álbuns "Independence Day" (trabalho de temas originais em inglês, editado em 1995), "Da Gama" (um trabalho de música étnica em parceria com Paulo de Carvalho e de autoria do Maestro Pedro Osório) e "Desencontros" (em dueto com Beto, editado em 2000).
    
Rita Guerra foi também artista convidada em álbuns de artistas como João Braga (em dueto), Ovelha Negra (onde cantou em dueto com Miguel Gameiro dos Pólo Norte), entre outros.

   
O palco tem sido sem dúvida a sua segunda casa, com Rita Guerra a merecer convites e participações nalguns dos mais prestigiados espectáculos feitos no nosso país: "As Canções do Século" (com Helena Vieira e Lena d'Água, espectáculo que foi também lançado em disco, e que se manteve na estrada por todo o país até 1998, ano em que foi apresentado na Expo'98), "007 - Ordem Para Matar" (em 1994, no Casino do Estoril), "Os Heróis do Mar", "Lisboa Em Pessoa", "Variações António", "Memórias a Preto e Prata", "Quatro Caminhos" (da autoria do Maestro Pedro Osório, apresentado no Casino de Espinho, com as participações ainda de Paulo de Carvalho, Maria João e Carlos do Carmo). 1999 viu ainda Rita Guerra ao lado de Helena Viera e Beto no original espectáculo "POPera", o qual foi idealizado por Pedro Osório, e onde algumas das mais famosas árias de ópera eram vistas à luz da música moderna.
Rita Guerra faz ainda regularmente dobragens de filmes da Disney, Warner Bros. e Dreamworks ("Hércules", "A Dama e o Vagabundo",
"O Príncipe do Egipto", "O Rei Leão I e II",
"A Pequena Sereia", "Branca de Neve", "Tarzan", "A Bela e o Monstro", "A Espada Mágica" e "Piglets"etc.

   
Rita lançou este ano (2007) um novo álbum de originais a solo, intitulado “Sentimento”.

 

Fonte: www.rtp.pt, apesar de algumas alteração feitas por nós.

 

Fãs Rita Guerra
publicado por Fãs Rita Guerra às 12:10

mais sobre mim
Novembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

26
28
30


pesquisar
 
Para a "eualentejana"!
A nossa visitante, eualentejana, perguntou-nos há uns tempos onde seria o concerto da Rita Guerra, em Beja, no dia 6 de Junho de 2009, só agora foi-nos possível responder. Cara eualentejana, o concerto terá lugar no Parque de Exposições e Feiras, pelas 22H00
blogs SAPO